Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Água Retorta quer ficar no mapa turístico através da sua gastronomia

Água Retorta quer ficar no mapa turístico através da sua gastronomia

Pela terceira vez, Água Retorta voltou a dar a conhecer, através de uma mostra, a sua gastronomia e artesanato.



Carne e enchidos, queijo, doces, vinho e licores, muitas foram as iguarias para prova e venda, nesta terceira edição da Mostra de Produtos Agropecuários, organizada pela Junta de Freguesia local, entidade que pretende levar bem longe o nome de Água Retorta. “Esta Mostra gastronómica é, essencialmente, para divulgar e dar a conhecer o que de melhor produzimos na nossa freguesia e assim as grandes qualidades que o nosso povo humilde tem”, frisou a autarca Sandra Carreiro.

O Presidente da Câmara, na sessão de abertura, elogiou o trabalho iniciado pela atual Presidente da Junta na valorização dos produtos locais e no desenvolvimento económico da freguesia. “Não há desenvolvimento se não houver empenho, valorização e participação de todos e a Presidente de Junta acredita nas potencialidades da sua freguesia e é a partir dessas potencialidades que ela quer fazer o desenvolvimento económico. Ela aceita o saber cultural das pessoas e é com base nesse saber que ela faz o desenvolvimento e a divulgação da freguesia”. Trata-se, por isso, de uma estratégia de desenvolvimento muito importante”, esclareceu Carlos Ávila.

Anabela Isidoro, Diretora Regional dos Recursos Naturais e representante do governo no acontecimento, também partilhou do mesmo raciocínio e destacou o trabalho realizado pelo executivo regional no caminho de acesso à Fajã do Calhau, assim como outros investimentos realizados na freguesia.

A Mostra foi novamente apoiada pelo engenheiro Álvaro Vitorino do Serviço de Desenvolvimento Agrário de S. Miguel que retratou o mais fielmente possível a marca da ruralidade de Água Retorta, numa sala onde a imaginação foi posta à prova. O resultado final foi, mais uma vez, brilhante, digno de ser apreciado por todos.

A par do cardápio gastronómico, a III Mostra de Produtos Agropecuários de Água Retorta contou com um programa cultural diversificado e ainda com a apresentação do livro Flashes, Roteiros e vivências do padre Weber Machado, cuja apresentação da obra ficou a cargo do jornalista Santos Narciso.

Os Sabores e as tradições estiveram, assim, novamente, lado a lado, nesta III Mostra que está comprometida a promover uma terra, que quer ficar, decididamente, no mapa do roteiro turístico e gastronómico da ilha de São Miguel.

A III Mostra de Produtos Agropecuários de Água Retorta foi cofinanciada pelo Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural, LIDER, PRORURAL, Governo dos Açores e Secretaria Regional dos Recursos Naturais.

A iniciativa contou ainda com o apoio da Câmara Municipal da Povoação e da Casa do Povo de Água Retorta.


Povoação, dia 10 de julho de 13

Fonte: Gabinete de Comunicação e Imagem da Câmara Municipal da Povoação


Ver Reportagem completa da Mostra Gastronómica em:

http://www.youtube.com/watch?v=iovs4FH--Dc&feature=c4-overview&list=UU6KPow7GkaIAym6xmgs-xwA