Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Água Retorta quer ficar no mapa turístico através da sua gastronomia

Pela terceira vez, Água Retorta voltou a dar a conhecer, através de uma mostra, a sua gastronomia e artesanato.



Carne e enchidos, queijo, doces, vinho e licores, muitas foram as iguarias para prova e venda, nesta terceira edição da Mostra de Produtos Agropecuários, organizada pela Junta de Freguesia local, entidade que pretende levar bem longe o nome de Água Retorta. “Esta Mostra gastronómica é, essencialmente, para divulgar e dar a conhecer o que de melhor produzimos na nossa freguesia e assim as grandes qualidades que o nosso povo humilde tem”, frisou a autarca Sandra Carreiro.

O Presidente da Câmara, na sessão de abertura, elogiou o trabalho iniciado pela atual Presidente da Junta na valorização dos produtos locais e no desenvolvimento económico da freguesia. “Não há desenvolvimento se não houver empenho, valorização e participação de todos e a Presidente de Junta acredita nas potencialidades da sua freguesia e é a partir dessas potencialidades que ela quer fazer o desenvolvimento económico. Ela aceita o saber cultural das pessoas e é com base nesse saber que ela faz o desenvolvimento e a divulgação da freguesia”. Trata-se, por isso, de uma estratégia de desenvolvimento muito importante”, esclareceu Carlos Ávila.

Anabela Isidoro, Diretora Regional dos Recursos Naturais e representante do governo no acontecimento, também partilhou do mesmo raciocínio e destacou o trabalho realizado pelo executivo regional no caminho de acesso à Fajã do Calhau, assim como outros investimentos realizados na freguesia.

A Mostra foi novamente apoiada pelo engenheiro Álvaro Vitorino do Serviço de Desenvolvimento Agrário de S. Miguel que retratou o mais fielmente possível a marca da ruralidade de Água Retorta, numa sala onde a imaginação foi posta à prova. O resultado final foi, mais uma vez, brilhante, digno de ser apreciado por todos.

A par do cardápio gastronómico, a III Mostra de Produtos Agropecuários de Água Retorta contou com um programa cultural diversificado e ainda com a apresentação do livro Flashes, Roteiros e vivências do padre Weber Machado, cuja apresentação da obra ficou a cargo do jornalista Santos Narciso.

Os Sabores e as tradições estiveram, assim, novamente, lado a lado, nesta III Mostra que está comprometida a promover uma terra, que quer ficar, decididamente, no mapa do roteiro turístico e gastronómico da ilha de São Miguel.

A III Mostra de Produtos Agropecuários de Água Retorta foi cofinanciada pelo Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural, LIDER, PRORURAL, Governo dos Açores e Secretaria Regional dos Recursos Naturais.

A iniciativa contou ainda com o apoio da Câmara Municipal da Povoação e da Casa do Povo de Água Retorta.


Povoação, dia 10 de julho de 13

Fonte: Gabinete de Comunicação e Imagem da Câmara Municipal da Povoação


Ver Reportagem completa da Mostra Gastronómica em:

http://www.youtube.com/watch?v=iovs4FH--Dc&feature=c4-overview&list=UU6KPow7GkaIAym6xmgs-xwA